• Marcelo Bandeira

VEUVE CLICQUOT - VISITANDO A CAVE


O Champanhe é o produto mais significativo quando falamos sobre denominação de origem, e isto é fácil de entender quando você visita a região de Champagne localizada a apenas 150 km de Paris.


A principal cidade da região é Reims que além de abrigar as caves das marcas mais importantes tem em sua praça principal a Catedral de Notre Dame de Reims, aonde foram coroados quase todos os reis da França, e além disto o seu estilo gótico é tão belo quanto a irmã famosa Notre Dame de Paris.


É nesta cidade que está a cave da Veuve Clicquot, aonde você poderá através de uma visita guiada conhecer um pouco mais da história da viúva e de sua enigmática bebida. Saiba que somente são atendidos quem fez a reserva antecipadamente. Porém como diria o meu amigo Arthur existem outras opções para visitar, bem como, a Mumm, Taittinger, Pomery entre diversas outras não tão famosas. Mas tenho certeza que ele disse isto porque não conseguiu reservas para a Veuve Clicquot, a qual tem poucas vagas para os seus restritos grupos de visitação.


Subsolo de Reims

Portanto saiba que este é o passeio mais concorrido e é necessário fazer uma reserva com no mínimo 30 dias de antecedência, senão fizer isto será muito difícil se encaixar nos pequenos grupos do passeio mais simples. Eu digo isto porque são 4 tipos de visitas e os valores são diferentes e variam entre €28 e €128. São diversas variações dos tours, bem como, horários, idiomas, quantidade de degustações, tipos de champanhes, entre outras que incluem até mesmo passeios privados que variam de €200 a €400, e algumas opções oferecem até mesmo eventos privados.


Veja no próprio site da Veuve Clicquot os preços atualizados e as diferenças entre estes tipos de visita. E se você já sabe a data da sua viagem aproveite e faça a sua reserva.


Detalhando como foi minha experiência saiba que eu optei pela visita chamada Veuve Clicquot and Rose Champagne de €40 incluindo duas degustações, pois não consegui vaga para o tour Discovery de €28. E se você está em dúvida sobre qual tour reservar definitivamente faça o Discovery, pois mesmo mais simples ele é igual aos outros e o que muda é o numero de taças que você irá degustar, porém com a diferença do valor entre os passeios você poderá comprar uma garrafa inteira no final do tour.


As compras são embaladas para presente

É fácil chegar ao centro de visitantes da Veuve Clicquot, eles disponibilizam um estacionamento gratuito que fica a poucos metros da sede. É necessário chegar com no mínimo 15 minutos antes do horário reservado. Após se identificar no balcão da recepção você pode ir para a sala de espera ou direto para a loja da marca, mas não se preocupe em comprar nada antes da visita pois saiba que o tour irá se encerrar nesta loja. Uma boa dica de compras são aquelas garrafas com jaqueta térmica por + ou - €40 e ou um guarda chuva que custa €20 (saiba que o guarda-chuva é permitido levar a bordo da aeronave como bagagem de mão).



Quanto ao tour ele se inicia no acesso a cave bem próximo ao centro de visitantes, aonde uma escadaria te leva a mais de 20 metros abaixo de Reims. Ao chegar lá você é surpreendido por um emaranhado de túneis que se estendem por 25km no subsolo da cidade. Lembre-se que ao descer para a cave a temperatura ficará mais baixa portanto leve um agasalho. A caminhada pelos túneis incluindo algumas breves paradas dura em torno de 40 minutos e você acaba retornando por dentro do centro de visitação. E é ali na loja de souvenires que ocorre a degustação e o tour se encerra. Porém como foi dito existem diversos tipos de tours alguns com mais degustações e outros com tempos de duração maiores.


Se você estiver dirigindo cuidado ao escolher o tipo de visita que inclua mais de duas degustações, pois além da cave você deve ir conhecer a Catedral de Notre Dame de Reims que realmente é muito interessante, afora isto você estará no coração da Route Touristique du Champagne que inclui outras cidades e diversas caves de produção familiar, e que na sua maioria tem lojas e centros de visitação. Além disto poderás visitar também a Moet Chandon na bela cidade de Épernay.


Vilarejo de Vrigny

A maioria dos visitantes optam por ir de trem para Reims e por lá usam taxis, e além disto algumas agências de turismo tem passeios completos partindo de Paris, bem como, estes da GetYourGuide. Porém mesmo sabendo que se você clicar neste link e fizer a sua reserva e o blog recebe comissões, eu somente indico este tipo de passeio para quem quer muito conforto e não quer se aventurar de carro.


E você ainda pode estar se perguntando, mas e o trem não é a melhor opção? Financeiramente não. Veja neste link da RentalCars que o aluguel do carro é mais barato que o trem.


Nas estradas da Rota do Champanhe

E além das visitas as caves saiba que as estradas da Rota Turística do Champanhe são belíssimas, e cabe organizar um roteiro pela região, e mesmo que você tenha planejado apenas um bate e volta de Paris poderás ao menos retornar dirigindo por elas, seguindo de Reims até a pequena Vrigny e de lá propositalmente se perder pelos caminhos que levam até Épernay. Ao fazer isso ao invés de retornar na rota direta pela via principal A4 que provavelmente te levou a Reims, você terá a oportunidade de ser surpreendido por pequenas vilas e seus produtores artesanais de champanhe. E é claro se o seu roteiro incluir um pernoite na região a degustação dos champanhes será muito mais saborosa.


Veja neste link as opções de hospedagem de Champagne.




Eu agradeço a leitura e por favor fique à vontade para tirar dúvidas e fazer seus comentários aqui nesta postagem.


Siga o canal do Youtube para receber avisos dos próximos vídeos.


Se gostou do estilo de postagem registre-se aqui no blog e receba mensagens quando uma nova postagem for publicada, e eu te prometo nunca enviar propaganda para o seu e-mail.


AJUDE O BLOG-RESERVE NOS LINKS DO SITE



#roteiroscompartilhados #hotelreview #booking #segurospromo #rentalcars #turismo #travel #viagens #tourism #roteiros #hoteis #passeio #dicas #curiosidades #blog #desconto #promocao #airbnb #guiasdeturismo #dicasdeturismo #dicasdeviagens #traveltips #mapas #fotografia #nomads #tripadvisor #facebook #pintrest #twitter #getyourguide #airportag #airport #blogdeviagens #blogdeturismo #paris #france #frança #reims #epernay #routeduchampagne #champagne #champanhe #veuveclicquot

723 visualizações
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

O objetivo deste site é oferecer um espaço para a construção de roteiros de viagens colaborativos.

Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários do blog e ajude outras pessoas na busca pelo roteiro perfeito.

Eu posso te ajudar a criar o seu roteiro... vamos conversar.

SITE PARCEIRO DO

logo mochila.png

© 2017 - 2020 by Marcelo Bandeira