• Marcelo Bandeira

VARANASI-A CIDADE DAS CREMAÇÕES

Atualizado: Mar 1

Varanasi é a capital espiritual da Índia, e a porta do céu para os indianos, em poucos minutos por lá você compreende os motivos destas denominações.

Passeio no Ganges

A única forma de definir a sua chegada no coração da cidade – as gaths do rio Ganges, é dizer que é um soco no estomago (gaths, significa degraus em hindi). Varanasi sacode seu entendimento de sociedade ocidental, ao encarar aquele ambiente carregado de religiosidade, a fumacenta névoa delatando a localização da gath Manikarnika, aonde ocorrem as cremações é algo que pode desintegrar o que você definia como matriz cultural.


Em resumo seria algo como se seus pensamentos tentassem reconfigurar o seu olhar sobre a sua existência, sobre o que te aculturou a vida toda e que ali não se encaixa no que você está vendo.

Manikarnika gath
Manikarnika gath
Manikarnika gath

As cremações ocorrem durante as 24 horas do dia e nos 7 dias da semana, a localização da Manikarnika gath é facilmente delatada pela fumaça. O vídeo abaixo foi gravado da janela do hotel Puja Guest House.

Varanasi é um palco de religiosidade, parece um cenário feito para desconstruir o que você entendia por religião, ela te leva a um processo de aculturação que será único e constante, eternizando fortemente suas vivências.


Mas vou parar de parafrasear o que vivi por lá, o objetivo deste texto é te ajudar a criar o seu roteiro em Varanasi, portanto vamos as dicas, e duas delas são muito importantes.


A primeira é para não ir para Varanasi na época de monções (junho a setembro), pois, os principais atrativos estão nas ghats, e elas estarão submersas pelas cheias do Ganges. Fotos de propriedade de Varanasi360.

E a segunda é que quase toda a cidade está voltada para às gaths na beira do Ganges, e nesta área a planificação de ruas não existe, são vielas e becos iguais as favelas brasileiras, por isto, organizem muito bem a sua chegada, você não pode confiar em aplicativos de GPS ou mapas para encontrar o seu hotel.


Confie muito nesta dica acima, pois ao se aproximar das gaths a cidade muda e parece tornar-se um imenso labirinto, a melhor forma de driblar intempéries é reservar um transfer in com um guia de turismo. Contrate um destes serviços e peça para que ele encontre você direto no aeroporto ou na estação de trem, uma ótima indicação de guia é o varanasiense Arvind Yadav, para entrar em contato acesse a sua página pessoal do facebook, ou o seu WhatsApp +91 97925 86352.


A sua chegada em Varanasi pode ser impactante, a cidade parece ser um aglomerado do caos. São lojas, comida de rua, templos, vacas e muito lixo, porém, logo você descobre que tudo está organizado em áreas e em gaths.


Até mesmo em frente ao hotel havia um monte de lixo no chão, oferecemos ajuda para limpar e para nossa surpresa ao voltar de um passeio o local estava limpo.

Ruas de Varanasi
Centro de Varanasi
Centro de Varanasi
Becos e vielas levam ao hotel
A cidade é um grande bazar ao ar livre
O centro da cidade é a beira do Ganges
Pedimos e este lixo foi removido

Ficou em dúvida sobre contratar um guia de turismo? Veja o vídeo abaixo que fiz somente para ilustrar esta dica.

Definitivamente é impossível caminhar e descobrir as nuances de Varanasi por conta própria, por isto um bom guia é fundamental, o seu hotel pode ter outras indicações sobre estes profissionais.


Porém apesar do veemente alerta sobre a dificuldade de chegar sem guia ao seu hotel, saibam que em poucas horas caminhando por Varanasi você entenderá que todos os caminhos levam as gaths. Portanto ficará fácil se localizar quando descobrir quais são os acessos centrais destas escadarias. E uma vez por lá, use a localização delas para definir ao menos em qual direção está o atrativo que buscas, e até mesmo para que lado está o seu hotel.


Opte por caminhar bastante com seu guia de turismo antes de se aventurar sozinho pela cidade, além disto te proporcionar entender as divisões que ocorrem entre as gaths e vielas, também tornará mais segura sua estadia por lá. Saiba que você pode facilmente ir a cerimônia Aarti (leia logo abaixo sobre a cerimônia) e depois caminhar até a gath das cremações, mas se você for estender esta caminhada para as vielas leve uma lanterna pois alguns pontos não têm iluminação.


É nas gaths que tudo acontece, desde a simples lavagem de roupas até as sagradas cremações.

Gaths
Gaths
Gaths
Principal gath - Dasaswamedh

A gath Dasaswamedh é a principal e é muito fácil localizá-la, pois, seu acesso é pela rua principal da velha Varanasi, é neste local que todos os dias as 19:30 ocorre a cerimônia Aarti.


Uma boa dica para participar deste evento é que você pode escolher um lugar na escadaria ou até mesmo pagar por uma cadeira em algum dos terraços que ficam em frente à cerimônia.

Aarti
Pague para tirar uma foto

Este ritual e o amanhecer no Ganges são os principais atrativos de Varanasi.


Quanto ao passeio embarcado pelo Ganges, saibam que durante o amanhecer ele é imperdível. As gaths sendo vagarosamente tomadas por suas atividades cotidianas, o sol nascendo e o frenético ritmo incessante das cremações criam uma pintura do que é Varanasi, por isto este passeio é essencial.

O seu guia pode organizar um destes passeios de barco que partem bem cedo da gath escolhida, porém, fique atento ao horário e tenha certeza de não perder o sol nascendo já estando embarcado.


É este momento que permitirá a você entender o quão sagrado é o Ganges e uma oportunidade de ver a magnitude de Varanasi perante o rio.


Leve água e pondere sobre usar ou não a sua máquina fotográfica quando se aproximar das cremações. Pense que você presenciará um importante ato religioso e não uma atratividade turística. Além disto a regra é não tirar fotos e se você for flagrado nesta condição a situação pode sair do seu controle.

Passeio pelo Ganges
Passeio pelo Ganges

Uma dica para quando sair nestes passeios pela cidade é que vá leve, se possível sem mochilas, pois para entrar em alguns templos além de ser necessário tirar os sapatos muitos itens são proibidos, fora as inspeções de segurança que podem tornar-se um tanto excessivas, tudo isto será ainda pior se você estiver cheio de penduricalhos.


Por exemplo, se você estiver perto do hotel antes de visitar um templo pergunte ao guia se é melhor deixar a mochila, bolsa ou outro item no quarto antes de ir.


Um dos atrativos interessantes de Varanasi é que a cidade parece uma grande feira aonde é vendido de tudo nas diversas tendas, gaths, lojas e por ambulantes. Quanto aos vendedores, se um destes te abordar na rua evite aceitar sua aproximação, evitando pegar o item na mão, perguntar o preço ou qualquer outra forma de comunicação, digo isto, porque se você der abertura para uma negociação certamente será quase impossível não efetivar uma compra, pois, eles irão insistir e te seguir até que você compre algo.


Quanto as tendas do mercado foi por lá que comprei as famosas vasilhas de inox, algumas jarras de suco e ótimos esmagadores de tempero. Isto porque o inox na Índia tem um bom preço e são além de um souvenir, muito úteis em casa. Quanto a dizer famosas, é porque você verá quase tudo a sua volta sendo servido em recipientes de inox, pois, estes são de fácil assepsia.


Mas esta grande feira de rua realmente vende tudo e você poderá facilmente encontrar boas lembranças e presentes.


Permita-se um tempo para compras nas vielas de Varanasi, isto também será uma inserção cultural.

Vista aérea

Quanto a alimentação confesso que Varanasi foi um dos locais mais difíceis de encontrar algo próximo ao nosso padrão ocidental de higiene. Por isto além do pão com manteiga e tomates que já citei no post sobre a comida na Índia, optei por almoçar no BrijRama Palace Varanasi que tem um restaurante aberto ao público com banheiro limpo e ar condicionado e inclusive com preços nem tão salgados.


Uma refeição completa custará algo em torno de R$50,00 isto é caríssimo dentro do padrão indiano, mas poderá te salvar de uma infecção intestinal. Além disto a comida por lá é saborosíssima! Veja nas fotos.

Comida de rua
Comida de rua
Coma tomates e pepinos
Queijo e manteiga da Amul são bons
Escape de uma infecção. Coma pão!
Almoço do BrijRama Palace
R$ 50 é o preço de um almoço seguro.

E para beber uma cerveja? Confesso que até agora não entendo se é ou não é proibido beber álcool por lá. Por isto tenha cautela com sua sede, como exemplo, em uma padaria eu pedi uma cerveja e o atendente pegou o dinheiro adiantado, subiu em uma moto e voltou alguns minutos depois com 4 latas de cerveja escondidas em uma sacola – tudo isto pareceu uma contravenção.


Seu guia pode indicar aonde tomar uma cerveja

E quanto a sua hospedagem, caso você esteja em dúvida de aonde se hospedar não caia na tentação de ficar longe da gath Dasaswamedh. Além de ser fácil localizá-la, pois, seu acesso é pela rua principal da velha Varanasi, é nesta gath que todos os dias ocorre a cerimônia Aarti.


Eu me hospedei no Puja Guest House, mas mesmo que você opte por outro lugar visite o restaurante no terraço deste hotel, mas somente para apreciar a vista da cidade, pois, quanto a comer por lá pode não ser recomendado para não indianos, eu como estava hospedado fiquei somente nos pães e não fui além disto. O Puja Guest House é um ótimo lugar para se hospedar, os funcionários são atenciosos, o quarto razoavelmente limpo, a vista é incrível e a localização é ótima. A nota baixíssima na avaliação do booking é porque se você ainda não se hospedou na Índia este hotel pode parecer imundo, e comer no restaurante dele é uma tentativa de suicídio.


Veja o quarto no vídeo abaixo.


As grades existem para que os macacos não furtem comida e objetos dos quartos, e eles estão bem espalhados por Varanasi.

Para finalizar este post gostaria de novamente salientar a dica de usar um serviço de transfer in até o seu hotel como essencial. Contrate este serviço junto ao seu local de hospedagem, senão o fizer deverás contar mais com a sorte do que com o GPS para achar seu hotel em meio às vielas de Varanasi.


E se você estiver montando seu roteiro pela Índia tente deixar a visita a Varanasi para a parte final, pois, as experiências que você terá irão te surpreender por um longo tempo e mesmo após sua saída aqueles rituais permanecerão tão acessos na sua memória quanto as chamas das cremações.


Quer mais dicas?! Por favor envie um comentário.


AJUDE O BLOG-RESERVE NOS LINKS DO SITE


#varanasi #india #gaths #roteiroscompartilhados #hotelreview #booking #segurospromo #rentalcars #turismo #travel #viagens #tourism #roteiros #hoteis #passeio #dicas #curiosidades #blog #desconto #promocao #airbnb #guiasdeturismo #dicasdeturismo #dicasdeviagens #traveltips #mapas #fotografia #nomads #tripadvisor #facebook #pintrest #twitter #getyourguide #airportag #airport #blogdeviagens #blogdeturismo

0 visualização
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram
  • Facebook Social Icon

O objetivo deste site é oferecer um espaço para a construção de roteiros de viagens colaborativos.

Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários do blog e ajude outras pessoas na busca pelo roteiro perfeito.

Eu posso te ajudar a criar o seu roteiro... vamos conversar.

SITE PARCEIRO DO

logo mochila.png

© 2017 - 2020 by Marcelo Bandeira